Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Instituto Estadual de Florestas - IEF

Parque Estadual da Lapa Grande

PDFImprimirE-mail


 LOGO LAPA GRANDE
 faixa branca  QR CODE LAPA GRANDE  texto-qrcode

 

Fotos

Clique nas imagens para ampliá-las.

 

DSC 4500 faixa branca DSC 4822 faixa branca DSC 4351
Pintura Rupestre   Vista Parcial do Parque    Rio Pai João
Parque Estadual Lapa Grande -Foto Evandro Rodney 1 faixa branca Portaria faixa branca  DSC5861
Ponte Pedra - Fazenda Quebradas   Portaria   Rota para Ciclismo

 

Dados Gerais:

  • Municípios de abrangência: Montes Claros.
  • Bioma: Cerrado
  • Área: 15.360 hectares
  • Criação: Decreto 44.204 de 10/01/2006 e Decreto 46.692 de 29/12/2014

 

O parque localiza-se no município de Montes Claros, no regional Alto Médio São Francisco, sendo importantíssimo para o município, pois abriga mananciais responsáveis pelo abastecimento de aproximadamente 35% de sua população. A altitude do parque varia entre 650 e 1.009 metros, e o relevo é caracterizado por maciços calcários, dolinas e sumidouros. O curso d’água principal é o córrego Lapa Grande, também chamado de córrego dos Bois e córrego Pai João.

Dentre as mais de 50 cavidades registradas no parque, destaca-se a Lapa Grande, pelo fato de ser uma das maiores do Estado, com 2,2 quilômetros de extensão, e por sua importância histórico-cultural. Nos primórdios da história de Montes Claros, a Lapa Grande já possuía este nome e era conhecida e frequentada pelos moradores da região. O complexo de sistema cárstico que abrange parte da área apresenta em sua extensão afloramentos rochosos de calcário, chegando, em alguns casos, a mais de 1.000 metros de altitude. Nestes afloramentos, predominam diversas espécies de cactos e de bromélias.

O Parque abriga importante fragmento do bioma cerrado, com árvores de caules tortuosos e folhas coriáceas, com a cutícula espessa. Destaca-se também a mata seca, que cria duas paisagens completamente distintas na estação seca e na chuvosa. Trata-se de uma zona de transição entre cerrado e caatinga.

Outro patrimônio da unidade é o centenário Casarão das Quebradas, local de grande importância histórica para Montes Claros por ter servido de apoio aos tropeiros que levavam mantimentos para serem comercializados.

 

Infraestrutura

O parque possui as seguintes estruturas e equipamentos:

  • Centro de visitantes e área de convivência;
  • Sede administrativa e estacionamento;
  • Portaria;
  • Trilhas estruturadas e sinalizadas em português.

 

Horário de Funcionamento

A visitação acontecede terça a domingo, das 8h às 16h. Porém, de terça à sexta, o atendimento é realizado apenas com agendamento prévio para instituições de ensino, associações e ONGs.

A visitação aberta para todos os públicos ocorre aos sábados, domingos e feriados.

 

Como Chegar

Partindo de Montes Claros, seguir pela Avenida Deputado Esteves Rodrigues, depois pela rua Santa Maria sentido Unimontes (Universidade Estadual de Montes Claros). Na sequência, virar à direita em direção ao bairro Barcelona Park e seguir em frente, até o bairro Vila Atlântica. Na Vila Atlântica, o visitante ainda terá aproximadamente 5 quilômetros de estrada de terra até chegar à entrada do parque.

localizador Localização

 

Contatos e Endereço

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. / Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Tel: (38) 2101-6850 / 99869-3468

Endereço: Estrada do Alfeirão, Km 5, Zona Rural - Montes Claros, Minas Gerais. CEP: 32.247-500 (Acesso pela rua Manoel de Souza Brasil - Bairro Vila Atlântida).

 

Ingressos e Tarifas

O valor da entrada é R$ 5,00 (inteira). Há um número limite de 200 visitantes/dia, sendo 100 pela manhã e 100 à tarde. Estacionamento gratuito.

 

Atrativos e Atividades

O parque possui diversas trilhas para as atividades de caminhadas e observação de vida silvestre, sendo recomendadas as seguintes:

Trilha da Lapa Grande: tem como principal atrativo a caverna Lapa Grande, e também ressurgências e a vegetação da mata seca. A distância a ser percorrida (ida e volta) é de 430m, com duração aproximada de 40 minutos e saídas livre.

 

Gruta Lapa Grande: Possui 2,2 km de extensão e é considerada uma das maiores do estado. Apresenta ornamentações de grande beleza, como estalactites e estalagmites. Nos primórdios da história de Montes Claros, teve grandes quantidades de salitre retiradas por exploradores. Está bem próxima da sede do parque, com acesso fácil e entrada ampla. É obrigatório o acompanhamento de guia.

 

Trilha do Boqueirão da Nascente: tem como principais atrativos a mata ciliar, caverna e ressurgência do rio Lapa Grande (Pai João). A distância percorrida (ida e volta) é de 1.200 metros, com duração aproximada de 01:00h. Possui horários específicos de saída.Trilha da Lapa Pintada: tem como principal atrativo o sitio arqueológico da lapa, que é abrigo em forma de anfiteatro com mais de 40 m de altura, coberto com pinturas rupestres de temática diversificada. Também foram encontrados lá uma variedade de vestígios arqueológicos como cerâmicas, líticos (objetos de pedra), sepultamentos, ossos de animais, fogueiras e restos alimentares, datados de mais de 8 mil anos.

A distância a ser percorrida (ida e volta) é de 3,7 Km, com duração aproximada de 2:00h. Possui horário específico de saída.

 

Trilha da Ponte de Pedra: tem como principais atrativos a mata seca, mata ciliar, cavernas, rio lapa grande, rio das pedras, pontos históricos, cânion com poço e exuberante formação rochosa em forma de arco. A ponte de Pedra é uma formação natural em arco e constitui referência histórica, pois funcionava como uma ponte natural sobre o rio Lapa Grande, usada por viajantes, tropeiros e pelos primeiros veículos que transitaram na região.

A distância a ser percorrida (ida e volta) é de 5,0 Km, com duração aproximada de 03:00h. Possui horário específico de saída.

 

Rota para ciclismo: As atividades de ciclismo poderão ocorrer nos seguintes trechos:

  • Estrada de acesso a sede do parque (2,8km)
  • Circuito das Quebrada (14km)
  • Circuito Ponte de Pedra (27km)
  • Circuito Córrego São Marcos (9,2km)
  • Circuito da Chapada (50,7km)
  • Circuito do Mirante (28,5km)
  • Rota do Urubu (1,1 km)

 

Orientações

  • Antes de percorrer qualquer trilha no PE Lapa Grande é obrigatório que o visitante se apresente no Centro de Visitantes para receber as informações da UC, incluindo suas regras de conduta;
  • É obrigatório o acompanhamento de condutores do Parque para a realização das trilhas.
  • A primeira visita de ciclistas deverá ser precedida de um cadastro obrigatório junto à administração do PELG;
  • Não há lanchonete no interior do parque.
  • Devido ao clima quente, é recomendável o uso de proteção como chapéu e protetor solar.
  • Não é permitido praticar esportes motorizados, assim como abrir trilhas e atalhos.
  • Com exceção da rota para ciclismo, nenhum das trilhas do parque pode ser feita de bicicleta.
  • Traga sua alimentação. O parque não dispõe de restaurante ou lanchonete. Leve sempre na mochila frutas, sanduíches, biscoitos e barras de cereais, alimentos nutritivos e práticos.
  • As normas para a visitação no Parque Estadual da Lapa Grande são estabelecidas pela Portaria IEF nº 175/2013.

 

Mapas

Trilha da Lapa Grande

Trilha da Lapa Pintada

Trilha do Boqueirão da Nascente

Trilha da Ponte de Pedra

 

Plano de Manejo e Conselho

A unidade de conservação possui um Plano Emergencial de Uso Público aprovado pela CPB/COPAM em 15/07/2015. Ainda não possui plano de manejo.

A unidade possui conselho consultivo. Mais informações clique aqui.

 

Mídias Sociais

blogspotpelapagrande.blogspot

facebook Facebook

 

IEF|

Rodovia João Paulo II, 4143, Bairro Serra Verde - CEP 31630-900
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades